Quem quer um bebé mais calmo, seguro e inteligente?

Quem quer um bebé mais calmo, seguro e inteligente?


Nos artigos anteriores apresentei-vos as várias vantagens que a massagem representa para o sistema global do bebé. São muitas…e diversas…Quero de facto que interiorizem que massajar um bebé não é um “capricho” é um cuidado essencial!

 

Neste artigo vou falar-vos de como o toque tem implicações no desenvolvimento intelectual, emocional e físico da bebé.

 

O toque está diretamente relacionado com o tato, órgão de sentido do nosso organismo, que por sua vez está associado à pele e mucosas. Através do estimulo da pele, pelo toque, as terminações nervosas conduzem sensações de calor, frio, pressão ou dor. Há todo um mecanismo complexo que é ativado.

Como?

Através das terminações nervosas que constituem os recetores táteis. Estas detetam as sensações e transmitem ao sistema nervoso central, onde no córtex cerebral são processadas. As mãos, os pés e os lábios são as partes do corpo que possuem maior facilidade em receber estímulos!

 

Uma curiosidade: o tato é o único sentido bem ativo no período do sono.

Desde quando o bebé sente o toque?

A partir das 12 semanas de gestação o bebé já é capaz de sentir…

 

O estimulo táctil acontece assim ainda antes do nascimento…

Que importância tem?

O tato influencia o crescimento e desenvolvimento do bebé, sendo que pelo toque recebe mensagens de amor…adquire confiança e auto-estima. A sua estimulação “nutre” o bebé. O toque nutritivo transmite calor…segurança e calma.

Razões para tocar o seu bebé – dados concretos:

— Bebés que são massajados demonstram maior desenvolvimento mental nos primeiros seis meses de vida em comparação com crianças pequenas que tiveram uma interação física limitada.
— Bebés em que a massagem é um cuidado habitual têm menos probabilidade de serem adultos hostis, ansiosos ou emocionalmente angustiados.
— O contacto oferecido pelo toque securizante …repercute-se numa maior habilidade social, emocional e intelectual.
— Tocar e massajar o bebé aumenta a produção de leite materno, uma vez que estimula a secreção de prolactina. Sendo o leite materno o alimento mais completo, então podemos fazer a associação: massagem > maior produção de leite > melhor crescimento.
— É a forma de comunicação mais facilmente compreendida pelo bebé.

Não perca tempo…toque o seu bebe ainda na barriga…Como?

— Acariciando a barriga com movimentos suaves
— Realizando exercícios físicos adaptados à grávida
— Nadar… ou simplesmente proporcionar o contato com a água…seja pelas ondas do mar, pelo uso do chuveiro …
— Musica clássica, as vibrações são sentidas pelo bebe.
(atenção que dadas as particularidades de cada gravidez, todas estas sugestões devem ser discutidas com o profissional de saúde que segue a grávida preservando quaisquer riscos na gestação)

Um alerta…

Estamos perante uma sociedade em que o distanciamento, a indiferença entre as pessoas impera… Assim “tocar” o outro torna-se uma realidade cada vez mais rara. Tentemos recordar que o toque transmite amor e segurança… todos precisamos de ser tocados…cultivem isso no vosso seio familiar na esperança de “contagiar” a sociedade tornando-a mais harmoniosa.

 

Deixo-vos com uma mensagem da antropóloga Ashley Montagu:

 

“As pessoas não percebem que a comunicação para um bebê, as primeiras comunicações que recebe e a primeira língua de seu desenvolvimento, é através da pele. Se ao menos a maioria das pessoas tivesse percebido isso, o tempo todo daria aos bebês o tipo de estímulo cutâneo que eles exigem. ”

Por Enfª Ângela Baptista, especialista em Especialista e Saúde Infantil e Pediátrica/Instrutora de Massagem Infantil.

 

Partilhar o Artigo