Alguns conselhos para lidar melhor com as infecções de Inverno

Partilhar o Artigo

No Inverno as crianças ficam mais vezes doentes e isso deve-se essencialmente às infecções respiratórias. Assim, é importante perceber porque é que isso acontece e o que fazer nessas situações.

O primeiro aspecto a esclarecer é que mais de 80% destas situações são provocadas por vírus, o que significa que são auto-limitadas, ou seja, acabam por passar com o tempo e sem nenhum tratamento em particular, ao fim-de-semana 3-5 dias. São desconfortáveis para as crianças e para os pais, mas na sua maioria não são graves e acaba, por ajudar a estimular o sistema imunitário das crianças. Haverá alguns casos diferentes, mas são a excepção e não a regra.

Depois, importa perceber que na maior parte das vezes o grande problema das crianças está no nariz. Quase todas as infecções respiratórias começam pelas vias aéreas superiores, com obstrução do nariz, secreções nasais e tosse e, na maioria das vezes, elas ficam-se mesmo por aí. No entanto, há algumas situações em que a infecção “progride”, podendo evoluir para uma otite, sinusite, bronquiolite ou pneumonia, por exemplo. Nesses casos, surgem sintomas diferentes que fazem pensar neste tipo de diagnósticos e que demonstram que a situação se alterou.

Deste modo, há alguns conselhos a ter nesta altura o ano para tentar prevenir algumas destas doenças. Os principais são os seguintes:

  • Ventile os espaços “fechados”

Não é uma medida muito popular do ponto de vista energético, mas não há dúvida de que o ar deve ser renovado, para ficar mais saudável e impedir a concentração de microrganismos e partículas respiratórias.

  • Lave bem as suas mãos e ensine o seu filho a fazê-lo também

A higiene das mais é provavelmente a medida mais eficaz na prevenção do contágio e da transmissão de doenças. Assim, torna-se importante reforçar que deve sempre ser realizada de forma adequada, para garantir essa eficácia.

  • Ensine o seu filho a espirrar e tossir de forma adequada

Os actos de espirrar e tossir servem para limpar as vias aéreas das partículas e microrganismos que estão a causar o problema. Date modo, se se fizerem sem nenhum cuidado, vão ajudar na disseminação dos micróbios, pelo que é fundamental tentar conter essa projecção. A forma mais adequada é fazê-lo utilizando um lenço ou o antebraço ou cotovelo, uma vez que se se utilizarem as mãos elas vão ficar contaminadas e podem favorecer o contágio.

  • Tente estimular o seu filho a ter uma alimentação saudável

A melhor forma de ter o nosso organismo bem operacional é tendo uma alimentação saudável e respeitando as horas de sono. Só assim vamos ter as nossas defesas mais optimizadas e com as vitaminas necessárias para poder desempenhar bem a sua função.

Partilhe o artigo