Os cuidados a ter com os dentes

Partilhar o Artigo

Em 2005 foi criado pela Direcção-geral da Saúde o Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral, que visa optimizar os cuidados de saúde oral das grávidas e crianças portuguesas. Algumas das principais recomendações são as seguintes:

  • Até aos 3 anos não está indicado fazer nenhum tipo de suplementação com flúor
  • A escovagem dos dentes deve-se iniciar logo após a erupção do primeiro dente, com os seguintes cuidados
    • Deve ser realizada, no mínimo, duas vezes por dia, sendo uma delas obrigatoriamente antes de deitar, depois da ultima refeição do dia (incluindo o leite)
    • O dentífrico deve ter 1000-1500ppm de flúor, aspecto extremamente importante é que deve ser confirmado sempre pelos pais
    • A quantidade de dentífrico a utilizar em cada escovagem é do tamanho da unha do quinto dedo (mindinho) da criança
  • Após os 3 anos continuam a desaconselhar-se os suplementos de flúor, mas deve-se utilizar elixires com flúor, particularmente em crianças cujos hábitos alimentares aumentem a probabilidade de desenvolver cáries (consumo de doces, por exemplo)
  • A escovagem dos dentes deve ser fomentada nos jardins de infância e escolas, tal como o ensino de bons hábitos alimentares e de higiene oral
  • Até aos 3 anos os pais devem escovar os dentes dos filhos, mas entre os 3 e os 6 deve ser incentivado a progressiva autonomização da criança, sempre sob supervisão de um adulto

Assim, são estes os princípios que todas famílias devem seguir, sendo importante ainda reforçar mais três aspectos:

  • A escovagem dos dentes deve ser bem realizada

O tempo que deve demorar é de cerca de 2 minutos, bem mais do que a maior parte das pessoas despende nesta actividade. Devem ser escovadas todas as faces dos dentes (de fora, de dentro e a zona com que os dentes “trincam”) e, no fim, deve-se escovar também a língua.

  • Deve-se evitar os alimentos cariogénicos

Todas as crianças devem ter hábitos alimentares o mais saudáveis possível, pelo que os doces devem ser evitados como regra.

  • Os pais têm que ser um bom exemplo

Este é, provavelmente, o conselho mais importante. Todas as crianças aprendem com os pais, pelo que se eles valorizarem bons hábitos de higiene oral, também os filhos o farão.

Partilhe o artigo