Escolas fechadas pelo coronavírus (COVID-19): O que fazer com as crianças?


Ontem foi decretado pelo Governo português o encerramento de todas as escolas. No entanto, é fundamental perceber que não se trata de férias, mas sim de uma medida de distanciamento social, que serve apenas para tentar impedir a propagação do novo coronavírus (COVID-19). Por esse motivo, importa sempre reforçar que deve evitar espaços públicos fechados ou mesmo espaços públicos ao ar livre onde existam grandes aglomerados de pessoas, porque só assim este tipo de medida faz sentido.

Como é lógico, as crianças vão ficar a cargo dos pais ou de outros cuidadores e muitas pessoas pensam já na possível dificuldade que pode ser tentar mantê-las “entretidas” durante tanto tempo. O primeiro conselho que posso dar é que se deve tentar “resistir” seriamente ao abuso dos ecrãs. Se a criança tiver mais de dois anos, não digo que não seja uma opção, mas o tempo diário que as crianças devem despender em frente a um ecrã não deve ser superior a 1-2 horas. Por esse motivo, faz sentido pensar em actividades interessantes que se podem fazer, pelo que deixo aqui algumas sugestões:

  • Brincar ao ar livre
    • Andar de bicicleta, trotinete ou patins
    • Dar uns pontapés na bola
    • Jogar às escondidas
    • Evitar parques infantis, onde existam muitas crianças
  • Brincar em casa
    • Jogos de tabuleiro
    • Blocos de construção (“legos”)
    • Puzzles
    • Desenhar/pintar
    • Jogar às escondidas
    • Ensinar a cozinhar

Estas são apenas algumas sugestões, uma vez que as opções não se esgotam claramente aqui.

No entanto, o principal conselho que posso dar é mesmo para tentarem usufruir o melhor possível deste momento adverso. Tentem passá-lo em família (não alargada) da melhor forma, porque isso vai servir para tranquilizar toda a gente, crianças e adultos. E todos precisam dessa tranquilidade, para ajudar a lidar com este difícil período!

E nunca é demais reforçar a ideia de que se deve limitar o máximo possível as deslocações e o convívio social. Só assim esta e as outras medidas serão eficazes!

Partilhe o artigo

Partilhar o Artigo